Páginas

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cúria Diocesa

Hoje, quinta-feira, 23 de outubro de 2014, está acontecendo, na Cúria Diocesana, uma reunião de preparação para a XIII Assembleia Diocesana de Pastoral, com Dom Lucena e os Coordenadores das Regiões Pastorais da Diocese de Guarabira. 


Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito Santo – o Papa Francisco em Santa Marta

“Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito” – esta a mensagem principal do Papa Francisco na missa de quinta-feira, 23 de outubro na Capela da Casa Santa Marta.
O Papa dedicou a sua homilia à passagem da Carta aos Efésios, em que S. Paulo descreve a sua experiência de Jesus Cristo, uma experiência “que o levou a abandonar tudo”, porque “estava apaixonado por Cristo”. Trata-se de um “ato de adoração”. Antes de tudo, dobra os joelhos diante do Pai, cujo “poder vai além daquilo que podemos pedir ou pensar”. Usa “uma linguagem sem limite”: adora este Deus “que é como um mar sem praias, sem limites, um mar imenso”. E S. Paulo pede ao Pai, por todos nós:
“Pede ao Pai que o Espírito venha nos reforce e nos dê força. Não se pode andar em frente sem a força do Espírito. As nossas forças são fracas. Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito. É justamente o Espírito que nos transforma o coração, que nos faz prosseguir na virtude para realizar os mandamentos.”
“Depois, Paulo pede outra graça ao Pai”: “a presença de Cristo, para que nos faça crescer na caridade”. O amor de Cristo “que supera todo conhecimento”, que “não se pode entender” se não através “deste ato de adoração daquela imensidão sem fim”:
“Esta é uma experiência mística de Paulo e nos ensina a oração de louvor e a oração de adoração. Diante das nossas pequenezas, dos nossos interesses egoístas – que são muitos –,Paulo entra em adoração e pede ao Pai que nos envie o Espírito para nos dar força e poder prosseguir; que nos faça entender o amor de Cristo e que Ele nos consolide no amor. E diz ao Pai: ‘Obrigado, porque Tu és capaz de fazer o que nem ousamos pensar’. É uma bela oração….”
O Papa Francisco concluiu a sua homilia recordando o mandamento do amor que se descobre através da vida interior:
“E com esta vida interior pode-se entender porque Paulo deixa tudo para trás e considera tudo entulho, para receber Cristo e se encontrar Nele. Faz-nos bem pensar assim, adorar a Deus. Faz-nos bem louvar a Deus, entrar neste mundo de amplitude, de grandiosidade, de generosidade e de amor. Faz-nos bem, porque assim podemos ir em frente ao grande mandamento – o único mandamento que está na base de todos os outros -: o amor. Amar a Deus e ao próximo”. 


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Semana Missionária do Dízimo nas Paróquias

O mês de outubro será marcado, na Diocese de Guarabira, pelas missões realizadas em algumas Paróquias, tendo em vista que este mês é consagrado às missão no mundo inteiro. Com isso, a Pastoral do Dízimo resolveu reafirmar esse compromisso de evangelização na prática das visitas pastorais dos Missionários do Dízimo, juntamente aos demais grupos existentes nas paróquias. 









segunda-feira, 20 de outubro de 2014

4ª JDJ - Jornada Diocesana da Juventude

A Diocese de Guarabira realizou na tarde de domingo, 19 de outubro de 2014, no Santuário Pe. Ibiapina, em Solânea-PB, a 4ª Jornada Diocesana da Juventude. No evento, estiveram presentes aproximadamente 5.000 jovens provindos das diversas paróquias da diocese. O evento seguiu uma programação intensiva, onde os jovens foram acolhidos e motivados a vivenciar o amor Eucarístico, com a celebração da Santa Missa, que foi presidida por Dom Lucena, bispo diocesano e Concelebrada pelos Pe. Gaspar Rafael, Frei Cláudio, Pe. José Floren, Pe. Iran de Sousa, Pe. Paulo Roberto e Pe. Viana (de Afogados da Ingazeira) e toda a juventude ali reunida, culminando com o Show da Banda Ministério Adoração e Vida, com Walmir Alencar.    



















CONCLUSÃO DO SÍNODO SOBRE A FAMÍLIA E BEATIFICAÇÃO DE PAULO VI:

O papa Francisco presidiu nesta manhã de domingo, 19 de outubro de 2014, na Praça de São Pedro, a Celebração Eucarística com a qual concluiu o Sínodo Extraordinário sobre a Família e durante a qual proclamou beato o papa Paulo VI. A celebração contou com a presença do papa emérito Bento XVI e numerosos peregrinos do mundo todo, de modo especial os italianos de Concesio (Brescia), terra natal de Paulo VI, e Milão, onde ele exerceu o ministério episcopal.
Em sua homilia, além de propor a mensagem do evangelho dominical, o papa Francisco ressaltou a figura do novo beato e agradeceu o grande testemunho que ele deu na vida da Igreja: "A este grande papa, este corajoso cristão, este apóstolo incansável, podemos dizer hoje diante de Deus apenas uma palavra tão simples quanto sincera e importante: obrigado! Obrigado querido e amado papa Paulo VI! Obrigado por seu testemunho humilde e profético!".

A memória do Beato Paulo VI será comemorada no dia 26 de setembro, data do seu aniversário natalício.